Entrevista com o Líder dos programadores de Overwatch

maxresdefault
nov
16

Entrevista com o Líder dos programadores de Overwatch

Durante a Blizzcon a Squadron entrevistou Timothy Ford, o Líder de programação de jogabilidade em Overwatch. Você pode ver um resumo dessa entrevista aqui!

Qual sua função?

  • Sou o cara que ‘faz o Mario pular’ – em Overwatch o time dele é de quem assegura que sua Widowmaker atire direito, que você possa criar torres onde elas deveriam ser construídas e assim por diante

Sobre a D.Va

  • O fato da D.Va poder voar significa que ela traz algo totalmente novo para a classe de tanques
  • Por causa de sua mobilidade o estilo de tanque de Winston ajuda a ser muito efetivo contra heróis como Widowmaker e Hanzo
  • D.Va é similar, mas muito mais agressiva
  • Noções da heroína ‘herói dentro de um herói’ – por ter duas vidas isso faz com que ela continue atacando muito mais que outros heróis
  • Ela ganha muito mais tempo para seu time do que eles teriam sem a D.Va
  • Linda counter do Bastion, mas de muitos outros heróis

Sobre Bastions e seus Counters

  • Bastion & Torbjörn por serem defensores estáticos são muito difíceis de se lidar para jogadores novos e muito ineficazes contra jogadores experientes
  • Todos os novos três heróis dão counter no Bastion de algum jeito, D.Va com mobilidade, Genji com desviar e a Mei com sua parede de gelo
  • O tiro de botão direito da Symmetra é fantástico contra o Bastion e outros heróis que usam barreiras como Winston e Reinhardt
  • O dano colateral do Junkrat e da Pharah é counter de bastions que se posicionam contra paredes
  • Heróis de muita mobilidade como a Tracer e o Reaper são counter de Bastion em lugares abertos

Consoles

  • Já estava planejado a muito tempo, em 2013
  • Serbia’s que seria uma boa opção mas não sabíamos o quanto iria ajudar no design do jogo
  • Forçar algo elegante e simples, isso se tornou a ideia central de jogabilidade
  • Do ponto tecnológico ajudou bastante a grande variedade de maquinas que pudemos contour e testar no jogo
  • Sem multiplataforma. Foi uma surpresa o feedback positive em relação a resposta de não ter essa conectividade entre Consoles/Pc em uma sessão de Q&A
  • Um assistente de mira estará disponível nos consoles
  • A adição o assisted de mira no começo do beta foi um erro, mas ele estará disponível na versão final para consoles

eSports

  • Ainda não temos ideia em que versão do jogo o eSport estará focado
  • Estamos muito animados sem relação ao eSport e a inclusão do modo espectador no beta é um exemplo disso
  • A Blizzard nunca fez um FPS antes então estamos de olho na comunidade e todo seu feedback

Sobre a Mei

  • O jogo tinha barreiras que bloqueavam projeteis antes, mas a Mei cria uma parede que bloqueia tudo
  • Pode ser usada para colocar heróis em lugar que antes eles não poderiam ir 
  • Colocar um Bastion em um lugar onde só sniper poderiam ir é um exemplo disso
  • Inicialmente achamos que as paredes iriam inicialmente assustar os aliados ou causar algum problema, mas depois vimos que não
  • Mei é forte de perto

Sobre o Genji

  • Eles se inspiraram em todo tipo de games para criar esse herói
  • Nossa principal preocupação foi fazer esse herói diferente e interessante 
  • Os designer trouxeram ideias muito loucas e é responsabilidade deles tentar e trazer o heróis a vida
  • Estamos vendo as barreiras limites do que podemos fazer

Sobre o jogo

  • Sabemos que eles querem um certo número de classes no jogo e isso é critico para um FPS competitivo
  • Não vou antecipar o quão bom os três novos heróis podem funcionar no meta
  • Muitas dicas que mostram quando o novos heróis podem aparecer
  • D.Va demorou mais que os outros para fazer a engenharia do personagem. 

Modos de jogo

  • Ainda não se sabe quantos modos de jogos serão colocados no jogo, não tem nem um limite
  • Muita energia é gasta experimentando os modos de jogo pela equipe de desenvolvedores
  • Muitos modos de jogos foram mortos durante os testes internos
  • Capture a bandeira não funcionou
  • Ainda não achamos uma barreira com os modos de jogo, sempre procuramos por mais para ser incorporado

Overwatch em Heroes of the Storm

  • O time de Overwatch tem muita confiança no time de Heroes
  • Muito legal ver a Tracer aparecendo em Heroes, pareceu que o jogo foi bem aceito pela Blizzard
  • O ultimate da Tracer no jogo não foi a primeira opção que eles tentaram, existem muitas opções que eles podem utilizar em Heroes

 

Vídeo com a entrevista completa:

 

fonte:Overpwn

Sobre Zardron

Apaixonado pelo mundo Blizzard e por Overwatch!